setembro 27th, 2010
0

GALERIA – Melhores Momentos

No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - Recife - 25/09 No Ar Coquetel Molotov - 25/09 - Recife No Ar Coquetel Molotov - 25/09 - Recife No Ar Coquetel Molotov - 25/09 - Recife No Ar Coquetel Molotov - 25/09 - Recife No Ar Coquetel Molotov - 25/09 - Recife No Ar Coquetel Molotov - 25/09 - Recife
No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Sala Cine UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Sala Cine UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 No Ar Coquetel Molotov - Teatro da UFPE - 24/09 DSC_0526 DSC_0303 DSC_0353 DSC_0403 DSC_0334
setembro 26th, 2010
2

#FOLLOW FESTIVAL @noarcm

Foto: Caroline Bittencourt

@fernalbuquerque
desde já sinto saudades do @noarcm. queria todos os dias…noites como a de ontem e de hoje.

@juorange
caramba, acordei abilolada de felicidade por ter visto o show do Dinosaur Jr no Festival @noarcm http://yfrog.com/8bqlukj

@gabrielinfos
jajá teremos o Dinosaur Jr. ao vivo aqui no Coquetel Molotov! Alegria democratizada no coquetelmolotov.com.br – assista aí!

@lucasnobrega_
Se eu estivesse em Recife nesta sexta-feira (24) mais precisamente no Coquetel Molotov na hora dessa música: http://tinyurl.com/352h47w

@rodrigobreck
Assistindo o Coquetel Molotov ao vivo pela internet. So me resta chorar e ver que perdi Dinosaur Jr

@drixferreira
Um bom lugar para estar agora: em Recife, assistindo Emicida, Dinosaur Jr no Coquetel Molotov. Saudades de lá

@duduloureiro
Injustiça pensar q o coquetel molotov não teria mais nada bom. a sueca anna vom, do amor e joseph tourton foram du kralho

@damasceno_c
Caraamba! Apareci no vídeo do show da Miike Snow de ontem no Coquetel Molotov! *–* Mira: http://migre.me/1p2Km

@thikos
Aqui no Coquetel molotov @noarcm já ganhei bolacha club social, trident, cd do festival, camiseta! ;-)

@a_maricota
passada que todo mundo canta todas as musicas a plenos pulmoes. ateh as antigas do otto #coquetelmolotov

@maissoma
Pingando de suor depois do Bemba Trio, da Bahia. Reggae com cara de HC, batida eletrônica e funk carioca. Grande descoberta do @noarcm

@gmassud
Showzaço de Otto @noarcm O público também empolgou, acho que esse formato no teatro da UFPE ficou bem mais legal do que o de antes.

@brunonegaum
imaginem só: BRUNO NEGAUM, @sokothecat e banda, @beformiga e as suecas do taxi taxi! cantando e dançando no palco do @noarcm. FOI LINDO!

@thi_olinda
Nunca vi um show do @otto_oficial tao estigado como esse aqui no @noarcm! Foda de lindo. No teatro num cabe mais ninguem!

@andre_duarte_
Há alguns anos, Otto era o cara que morgava um festival. Hoje, depois de uma fossa colossal, transformou a gaia num puta show

@paulofloro
o impacto visual do @noarcm superou todos os outros anos. Estao rolando shows na sala cine

@aninhaaddobbati
Por que cargas d’água eu demorei tanto para ir a uma edição do Coquetel Molotov? Cacilda… raiva de mim mesma

@maypessoaa
…Quando eu penso em imaginar a vida, dentro dela vc já está… #OTTO no Coquetel Molotov ontem foi simplesmente, MARAVILHOSO!

@somethinglilac
O @noarcm foi bom! Os anos anteriores foram melhores. Gostei do show de Taken By Trees e do mosh da galera no show de Dinosaur Jr. Hahaha!

@dan_canuto
Show lindo da Banda de Joseph Tourton (@jtourton), ontem, @noarcm ! Arrazaram c/ o lançamento do álbum, no palco do festival! Uhuuu o/

@fabricio_nobre
fico só imaginando a alegria de Marcelo Gomão pelo show do @dinosaurjr ontem no Recife

@arnaudsa
Guizado, Zé Cafofinho, Otto, Do Amor, Joseph Tourton, Emicida e Dinosaur Jr., em 3 dias… É, não posso dizer outra coisa, obrigado @noarcm!

@HominisCanidaee
Mas ai, fica a dica pra voces! Sigam o @noarcm e venham pro festival no ano que vem. Organizado, estruturado, som bom, publico bom. Chegai!

@HominisCanidaee
E serio, muito legal ver gente de Maceio, Natal, João pessoa vindo pro Recife e fazendo a festa do Rock junto! Ótima noite de sabado! :D

@tarcio
O @noarcm nos deu hoje uma das noites mais importantes do rock que Recife já viu.

@bnogueira
Obrigado Ana, Tathi, Jarmeson e todo mundo do @noarcm, de verdade. Foi uma das noites mais felizes da minha vida :)

@diogonunes
e eu não paro de escutar dinosaur jr. ainda sem entender como pode um show ser tão foda.

@chinaina
o festival @noarcm foi classe A. parabéns, meninada…tudo nos conforme…e várias coisas legais.

@Labirintomusic
pqp!! que show foda do Dinossaur Jr no @noarcm. set lindo…

@a_maricota
o @hmontarroyos diz que hoje tá melhor que teenage fanclub, empata com radiohead e perde p neil young

@quiseraeu
Mais uma vez, obrigado Coquetel Molotov por mais uma noite inesquecível na minha vida.

@titimota
Coquetel molotov zuou o meu ouvido! Malditas distorções as do Dinossaur Jr. Escuto grunge nunca mais na vida, barulheira do cão

@Tiagoagostini
por enquanto, so uma coisa a dizer: @noarcm é o melhor festival independente do brasil =)

setembro 26th, 2010
0

Invasão Sueca chega a Fortaleza neste domingo (26)

Taxi Taxi!

A Invasão Sueca é um projeto realizado em parceria pelo coletivo Coquetel Molotov (PE), o Swedish Institute (Suécia) e o Órbita Bar (CE), que promove o intercâmbio com o Brasil de novos artistas suecos para a produção de shows e turnês.

Neste ano, a Invasão Sueca traz as bandas Taken by Trees, Anna Von Hausswolff e Taxi Taxi, que se apresentam neste domingo (26) em Fortaleza, no Órbita Bar, a partir das 21h, com ingressos a R$ 15,00.

O projeto que existe desde 2006 já trouxe ao país nomes como Peter Bjorn and John, Jens Lekman, Those Dancing Days, Shout Out Louds, Love is All, José González, Suburban Kids With Biblical Names, Brittta Persson, El Pero Del Mar, Loney Dear, CLUB 8 e Hello Saferide.

Invasão Sueca em Fortaleza
Domingo – 26 de setembro – 21h
Órbita Bar – Ao lado do Centro Dragão do Mar – Praia de Iracema
Ingressos: R$ 15,00

setembro 26th, 2010
0

Confira a programação do festival No Ar para este domingo

* SALVADOR
CONCHA ACÚSTICA DO TEATRO CASTRO ALVES

18h30 – SHOWS
A Banda de Joseph Tourton (PE)

19h30 – SHOWS
Cidadão Instigado (CE)

20h30 – SHOWS
Dinosaur Jr (EUA)


* FORTALEZA – INVASÃO SUECA
ÓRBITA BAR

21h – SHOWS
Taxi Taxi! (Suécia) / Anna Von Hausswolff (Suécia) / Taken By Trees (Suécia)

setembro 25th, 2010
4

Transmissão ao vivo da 2ª noite do No Ar 2010 – Recife

Watch live streaming video from noarcm at livestream.com
setembro 25th, 2010

PROMOÇÃO LI.TER.ATO

Concorra a um par de camisetas da Literato by mooz em versões feminina e masculina. Para ganhar, basta colocar nome e email e responder nos comentários: Que marca veste você de poesia?
Sortearemos uma de cada e anunciaremos na sexta.
Boa sorte!

UPDATE:
A vencedora da promoção e que vai receber as camisas da LI.TER.ATO foi Nathalia Vieira.
Obrigado pela participação de todos e aproveitem o festival!

setembro 25th, 2010
1

CLIPPING: A noite foi de Otto no primeiro dia do No Ar Coquetel Molotov

Paulo Floro *
Do JC Online

A escalação de Otto mostra a visão apurada da produção do festival em enxergar o emergente crescimento de um artista como ele

Otto - Foto: Caroline Bittencourt

Otto conseguiu atender a todo hype que lhe foi atribuído nesse primeiro dia do No Ar Coquetel Molotov nessa sexta-feira (24). A produção pensou para o cantor um show mais intimista, diferentemente do que estamos acostumados a imaginar de uma performance de Otto. O bom foi que ele desobeceu tudo e aproveitou para fazer do palco do Teatro da UFPE a sua redenção. Seu passe, enfim, para um novo patamar em sua carreira, longe dos aficcionados herdeiros do mangue e mais popular. A visão mais emblemática do show são as meninas gritando enlouquecidamente, driblando os seguranças para dançar com o cantor, cantando as letras decoradas do mais recente disco, talvez empulsionadas pela visibilidade ganha com a veiculação na antiga novela das oito da Globo.

A escalação de Otto mostra a visão apurada da produção do festival em enxergar o emergente crescimento de um artista como ele. Mas também o interesse em agregar nomes mais populares para um festival que passou anos colado ao moribundo adjetivo de “indie”, ou seja, aquelas bandas alternativas que ninguém conhece. O teatro lotado, com todo mundo cantando junto, mostra o quanto o No Ar está consciente da importância de ser o mais relevante festival do Estado. Mas isso não deixa de lado o papel de formador de novas plateias, trazendo novidades do pop atual, como Miike Snow.

Voltando à Otto, seu show teve tudo o que se esperava dele: tirou a camisa, rebolou, jogou água na cabeça. Era difícil acompanhá-lo, estava sempre a correr de um canto a outro do palco e chegou até a ir para a plateia, andando com dificuldade até a metade das cadeiras. Tocou quase todas as músicas do mais recente álbum, Certa Manhã Acordei de Sonhos Intranquilos, como “Saudade”, “Crua”, “Seis Minutos” e “Janaína”. Contou também com uma banda de luxo, formada por Fernando Catatau, do Cidadão Instigado e Pupilo, da Nação Zumbi. A noite ainda ficou marcada pelas memórias de Otto, falando de sua juventude no bairro da Cidade Universitária, romantizando lembranças da linha Rio Doce-CDU, estripulias na Mustardinha e na avenida Caxangá.

Foi um dos shows de maior aclamação pública do festival nesses últimos anos. Antes dele, os suecos do Miike Snow fizeram sua mistura muito bem feita de rock e eletrônica e mostraram que já colecionam hits com tão pouco tempo de estrada. “Animal” e “Silvia” fizeram todo mundo pular, no pequeno espaço entre as cadeiras e o palco. Conhecidos pelos trabalhos como produtores de artistas como Britney Spears e Madonna eles vêm se destacando no mundo por esse rock dançante pensado para as pistas. O show foi tão vigoroso, sem interrupções nem conversa, que quando menos percebemos, já acabou.

A decepção da noite foi Soko, a cantora francesa tida como nova promessa entre as cantoras saídas da cena independente. Reclamou do som, apostou – errado – no carisma para conversar com o público em várias interrupções do público e mostrou um desempenho vocal muito mediano. Cantando sobre decepções com homens, desaforos contra ex-namorados, a cantora fez um show desencontrado. Talvez ainda não esteja madura o suficiente para um show da dimensão que recebeu. Como promessa, Soko até convence, mas precisa amadurecer. O momento alto do show foi quando chamou para fazelr figuração no palco músicos catados nos bastidores horas antes. Bárbara Formiga, Bruno Negaum e as suecas do Taxi Taxi foram subaproveitados gritando e assobiando enquanto Soko, histérica, tocava bateria e cantava.

Neste sábado, o No Ar Coquetel Molotov traz a lenda do rock, Dinosaur Jr., além da surpresa do rap nacional Emicida. Ainda há ingressos à venda. E pernambucanos tem sorte, já que shows do Dinosaur Jr. em outras cidades estão com ingressos esgotados.


* Texto publicado originalmente no site JC Online.

setembro 25th, 2010
0

Confira a programação do festival No Ar para este sábado

* RECIFE
CENTRO DE CONVENÇÕES DA UFPE

15h – DEBATE – Sala 03 (EAD)
MECENATO CULTURAL: O PAPEL DA INICIATIVA PRIVADA NO FOMENTO À CULTURA MUSICAL
Claudio Jorge (Petrobras) / Marcos Barreto (Vivo)

17h – SHOWCASES – Sala Cine UFPE
Wassab (PE)

18h – LANÇAMENTOS – Hall do Centro de Conveções da UFPE
Livro: “Devotos – 20 Anos” | Bate-papo com o autor Hugo Montarroyos

18h – SHOWCASES – Sala Cine UFPE
Ubella Preta (PB)

19h – SHOWCASES – Sala Cine UFPE
Anna Von Hausswoff (PB)

20h – SHOWCASES – Sala Cine UFPE
Do Amor (RJ)

21h – SHOWS – Teatro da UFPE
A Banda de Joseph Tourton (PE)

22h – SHOWS – Teatro da UFPE
Taken By Trees (Suécia)

23h – SHOWS – Teatro da UFPE
Mad Professor (Guiana / UK)

00h – SHOWS – Teatro da UFPE
EMICIDA (SP)

01h – SHOWS – Teatro da UFPE
Dinosaur Jr (EUA)


* SALVADOR
CONCHA ACÚSTICA DO TEATRO CASTRO ALVES

18h30 – SHOWS
Dubstereo (BA)

19h30 – SHOWS
SoKO (França)

20h30 – SHOWS
CéU (SP)

setembro 25th, 2010
1

CLIPPING: Um dinossauro dos anos 80

Por José Teles *

Dinosaur Jr

A Dinosaur Jr., que toca hoje no Teatro da UFPE fechando a programação do festival No Ar Coquetel Molotov, é daquelas bandas que merecem o exaurido termo “seminal”. Ela surgiu em meados dos anos 80, quando as paradas eram dominadas por nomes como Van Halen, Michael Jackson, Guns ‘n’ Roses, Bon Jovi ou o metal glamourizado do Mötley Crüe e Twisted Sisters. Porém, na contramão do status quo pop, surgia uma nova onda, logo rotulada de “alternativa”. À frente dela estavam a Dinosaur Jr., Sonic Youth e outras bandas que mudariam o curso do rock and roll.

É até estranho que esta turnê que J. Mascis, Lou Barlow (baixo), e Murph (bateria) estão fazendo (tocam amanhã em Salvador, na edição soteropolitana do Coquetel Molotov) seja a estreia do grupo em palcos brasileiros. J. Mascis, vocalista e guitarrista, dizia ontem que não tinha ideia porque o grupo nunca veio ao Brasil: “Não temos ideia, nem sequer perguntei para alguém. Espero ter uma boa surpresa. Não conheço música brasileira, só sei que sempre quis tocar aí”. O trio, nascido em 1984, em Amherst, Massachusetts, fechou para balanço em 1997 e voltou à estrada há cinco anos. Pelo visto com todo gás, com um repertório meio coletânea: “Eu vou com os caras antigos (Lou Barlow e Murph). Vamos tocar muitos hits de quase todos os discos. Só não terá músicas do álbum do Fog”. O Fog a que ele se refere é a banda que formou em 1999, e com a qual gravou dois CDs.

O fim do grupo em 1997, deve-se à roda viva em que se meteu depois de vender milhões de discos, por uma grande gravadora. Embora Mascis tenha sabido conviver com o sucesso, ao contrário do contemporâneo Kurt Cobain, que não conseguiu equacionar o dilema de ser alternativo e, ao mesmo tempo, idolatrado por milhões de fãs: “Acho que quando começamos éramos uma banda alternativa, com certeza. Nem tínhamos fãs. Mas sabíamos que tipo de música queríamos fazer e escutar. Não tínhamos ideia que iríamos parar em uma major e vender tantos discos”, diz Mascis, garantindo que foram aparadas as arestas que levaram à dissolução da Dinosaur Jr.: “A nossa relação está boa agora”.

Em anos recentes tem-se visto o reagrupamento de várias bandas dos anos 80 e 90 (e até dos 60). J. Mascis tem uma resposta simples para o fenômeno: “Eu acho que existe o interesse em música boa. Quando você gosta de um disco, você sempre vai gostar do disco e isso vai criando mais fãs com o tempo”. O documentário The year punk broke, dirigido por Dave Markey, que registra a turnê europeia da Sonic Youth, em 1991, lançou os holofotes também sobre a Dinosaur Jr., e foi fundamental para tornar o grupo mais conhecido fora dos EUA. Mascis concorda com a importância do filme de Markey: “Sim. Foi ótimo ver o Nirvana crescer. Ver algo que deveria acontecer, acontecendo. As coisas no universo parece que fizeram sentido por um momento. Embora tenha ficado famoso pela quantidade de decibéis que extrai dos amplificadores nos shows da Dinosaur Jr, J. Mascis adianta que acabou de gravar um disco acústico, que será lançado no próximo ano.

* Publicado no Jornal do Commercio - Caderno C – 25/09/2010

setembro 24th, 2010
0

É hoje!

Conexão Vivo e Petrobras apresentam neste final de semana o festival No Ar Coquetel Molotov. O evento que já acontece há sete anos no Recife, estica sua programação até Salvador, onde realiza também uma série de shows com artistas nacionais e internacionais de destaque. A programação nas duas cidades tem início na sexta (24) e tem chamado bastante a atenção do público em todo o país.

No Recife, a programação se divide em dois dias no Centro de Convenções da UFPE com debates, exposições, feira cultural, lançamento de livros e diversos shows na Sala Cine UFPE e no Teatro da UFPE. Antes de migrar o festival para a UFPE, o No Ar 2010 passou por vários pontos do Recife com uma programação descentralizada ao longo do mês de setembro.

E agora nos dias 24 e 25/9 promove a integração de todas estas áreas e ações em um só lugar onde o público também terá a chance de assistir ao vivo bandas como Dinosaur Jr (EUA), Soko (França), Otto (PE), Mad Professor (Guiana / UK), Emicida (SP), Do Amor (RJ), Taken By Trees (Suécia) e A Banda de Joseph Tourton (PE). Os shows na Sala Cine UFPE são gratuitos e começam às 17h, abrindo a noite para as atrações principais que se apresentam no Teatro da UFPE, a partir das 21h.

Em Salvador, o palco do No Ar Coquetel Molotov é a Concha Acústica do Teatro Castro Alves, que receberá os shows de Céu (SP), Dinosaur Jr (EUA), Cidadão Instigado (CE), Soko (França), DubStereo (BA) e A Banda de Joseph Tourton (PE). A etapa baiana do festival tem ingressos à venda na bilheteria do TCA e no SAC dos Shoppings Iguatemi e Barra custando R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). No entanto, antes dos shows na Concha Acústica do TCA, o aquecimento do festival começa na Zauber Multicultura com shows de Guizado (SP) e Radiola (BA) na sexta (24/9) às 22h.